SELECIONE SUA ÁREA DE ATUAÇÃO

Operadoras
de Saúde
Médicos, hospitais,
clínicas e laboratórios

Conhecendo a complexidade do processo de autorização para procedimentos médicos, a Orizon oferece soluções que simplificam a experiência do seu beneficiário no momento do atendimento, além de evitar procedimentos indevidos e futuras glosas.

nossas soluções:

Autorize Autorize saiba mais +

A Orizon entende o desafio da análise de contas médicas, por isso oferece soluções que reduzem o tempo do processo, aumentam sua eficiência e contribuem para a melhora do relacionamento com os prestadores.

nossas soluções:

Fature Fature Fature saiba mais +

O BPO (Business Process Outsourcing) é um serviço de transformação de processos, que disponibiliza as contas médicas em formato eletrônico, prontas para análise e pagamento.

Análises mercadológicas com base em dados do setor altamente qualificados, para oferecer às empresas consultoria na gestão de custos e na implementação de ações estratégicas que trazem vantagens competitivas frente à concorrência.

A Orizon facilita o acesso à saúde, oferecendo aos seus usuários descontos em uma grande variedade de medicamentos, que podem ser encontrados em uma ampla rede de farmácias credenciadas.

Estudos Farmacoeconômicos para a avaliação e direcionamento de investimentos.

Consulte os Estudos Farmacoeconômicos elaborados por nossa equipe técnica.

Conciliação eletrônica das contas médicas referentes aos serviços realizados pelos prestadores e faturados para as Operadoras de Saúde, que possibilita identificar de forma simples o que foi pago, as glosas e seus motivos, além das contas que ainda serão analisadas.

nossa solução:

Concilie saiba mais +

Selecione
sua área
de atuação

Empresas
indústrias
farmacêuticas

A Orizon facilita o acesso à saúde, oferecendo aos seus usuários descontos em uma grande variedade de medicamentos, além da possibilidade de desconto em folha e subsídios.

O Benefício Medicamento Orizon, que oferece descontos significativos em medicamentos, pode agregar valor ao seu produto e tornar-se um diferencial competitivo frente à concorrência.

Estudos Farmacoeconômicos com base no maior banco de dados da saúde suplementar, que auxiliam na avaliação de indicadores de saúde e contribuem para a eficiência do seu negócio.

Análises mercadológicas com base em dados do setor altamente qualificados, para oferecer às empresas consultoria na gestão de custos e na implementação de ações estratégicas que trazem vantagens competitivas frente à concorrência.

Pesquisa UNIDAS 2016: 21% das internações hospitalares são evitáveis

dez

2016

15

Do total de internações hospitalares, 21% são por causas evitáveis, o que poderia gerar uma economia de até 2 bilhões/ano com os custos médico-hospitalares. Os dados são da Pesquisa UNIDAS 2016, lançada nesta segunda-feira, dia 12 de dezembro. As causas mais frequentes entre as internações potencialmente evitáveis são hipertensão, gastroenterites e complicações, doenças cerebrovasculares, insuficiência cardíaca, infecção no rim e trato urinário e diabetes. As internações representam em torno de 50% do total das despesas, sendo que no último ano, o custo médio com internações teve variação de 13,4%.

“Embora a pesquisa tenha sido feita somente com beneficiários de planos de autogestão, a amostragem é bastante compatível com a realidade dos demais segmentos de saúde e serve de alerta para uma possível falha no acompanhamento do atendimento primário à saúde”, informa o vice-presidente da UNIDAS, João Paulo dos Reis Neto.

Já as principais causas de internações de maneira geral são: doenças do aparelho circulatório, com destaque para angina do peito, acidentes vasculares cerebrais, insuficiência cardíaca, hipertensão arterial e infarto agudo do miocárdio. Em segundo lugar, aparecem os casos de notificações de sintomas sem diagnóstico definido. Dentre os mais frequentes apontados temos dor abdominal, anormalidades respiratórias, febre, dor de garganta, náuseas e vômitos.

Os resultados da pesquisa apontam o panorama da maioria do segmento, com representatividade em torno de 65%, dentre os mais de 5,5 milhões de beneficiários vinculados às autogestões, espalhadas em todo o território nacional.

Sobre a PESQUISA UNIDAS

Desde 2000, a UNIDAS promove, anualmente, a realização de uma pesquisa entre entidades filiadas e não filiadas, com o objetivo de conhecer o perfil das instituições de autogestão em saúde. Esta publicação consagrou-se como um importante referencial para identificar as tendências do mercado e auxiliar a tomada de decisões, sendo utilizada por todos os componentes do segmento privado da saúde, inclusive pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A pesquisa traz dados desde inflação médica até ranking das causas mais comuns em internações. Este ano, ela contou com 58 filiadas participantes, totalizando mais de 3 milhões de beneficiários. O ano base é 2015.